Notícias do mercado imobiliário

Porto ainda é o principal gerador de receitas, mas a economia criativa cresce 156% em 8 anos

Economia

Porto ainda é o principal gerador de receitas, mas a economia criativa cresce 156% em 8 anos

 

A economia de Santos tem como principal gerador de renda o Porto, principal canal de entrada e saída de cargas do Brasil, mas a economia criativa vem se tornando um importante gerador de receita para a Cidade.

Santos respira criatividade e nem mesmo as restrições impostas pela pandemia da covid-19 foram suficientes para encolher esse mercado. Em 2019, havia 13.642 atividades de economia criativa registradas na Cidade. Em 2021, o número subiu para 17.812, aumento de 30,5%. O crescimento sobe para 156% se considerado o índice de 2013 (6.931).
E o reconhecimento internacional desse crescimento veio em 2015, ano que a Cidade passou a integrar a rede de cidades criativas da Unesco na área de cinema. Para 2022, inclusive, está previsto em Santos o encontro anual destas cidades, evento que vai colocar o Município no centro de gravitação da produção criativa mundial, atraindo visitantes de várias partes do mundo.

O turismo, o setor de serviços e comércio completam as principais atividades econômicas santistas. A Cidade possui um PIB per capita anual de R$52.509,91, conforme dados de 2019 do IBGE.

O orçamento municipal gira em torno de R$ 3,7 bilhões em 2022, de acordo com estimativa da Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan). Em 2021, foram abertas 6.312 novas empresas, totalizando 47.338 na Cidade. Desse número, 3.050 correspondem a microempreendedores individuais (MEIs) abertos no mesmo ano, chegando ao total de 12.731 MEIs.

Fonte: https://www.santos.sp.gov.br/?q=hotsite/conheca-santos

25/05/2022 Fonte: https://www.santos.sp.gov.br/?q=hotsite/conheca-sa

Últimas notícias