Imobiliária em Santos
Apartamentos em Santos 13 97417-750113 97417-7501Imobiliária em Santos 13 3321-9000

Notícias do mercado imobiliário

Dupla atira bomba na direção de rapaz que dormia na rua no litoral de SP

Homem estava deitado na via no momento da ação e se feriu após explosão. Ocorrência é investigada no 4º Distrito Policial de Santos. Ninguém foi preso.
06/12/2015 08h01 - Atualizado em 06/12/2015 08h01
Do G1 Santos
Local ainda tem marcas da explosão de artefato que atingiu desempregado (Foto: Guilherme Lucio da Rocha/G1)
Local ainda tem marcas da explosão bomba que atingiu morador (Foto: Guilherme Lucio da Rocha/G1)

Dois homens jogaram uma bomba na direção de um rapaz que dormia em uma calçada em Santos, no litoral de São Paulo. O caso ocorreu na última sexta-feira (4) e a vítima, de 19 anos, sofreu ferimentos no braço e na boca, mas passa bem.

Segundo informações de testemunhas e da Polícia Militar, a ação ocorreu por volta das 13h, próximo à esquina da Rua Campos Melo com a Avenida Conselheiro Nébias, no bairro Vila Mathias.

A dupla, que estava em um carro, parou em um semafóro, atirou a bomba para fora do carro e fugiu. Segundos depois, o artefato explodiu, assustando o rapaz, que estava deitado na via.

Por conta do impacto, a vítima sofreu escoriações nos braços e na boca. O rapaz foi encaminhado ao Pronto Socorro Central para avaliação, mas fugiu do local antes do fim dos procedimentos.

O G1 esteve no local do incidente, que é conhecido na cidade por abrigar diversos moradores de rua. Assustados, todos afirmaram saber do ocorrido, mas dizem que não conheciam a vítima.

“Ficamos sabendo que dois homens de carro jogaram a bomba no rapaz. Dizem até que existem imagens de câmeras de monitoramento mostrando a ação. Eu não conhecia esse rapaz, não sei se dormia aqui constantemente. Mesmo assim, ficamos com medo, pois quem fez isso é muito mal e, pode voltar aqui e fazer [o mesmo] com qualquer um de nós”, disse um dos moradores de rua do local, que preferiu não se identificar.

A ocorrência foi registrada no 4º Distrito Policial do município e, até o momento, nenhum suspeito de participação no crime foi preso ou identificado. Imanges de monitoramento de um comércio próximo ao local do crime podem auxiliar nas investigações.
07/12/2015

Últimas notícias