Imobiliária em Santos
Apartamentos em Santos 13 97417-750113 97417-7501Imobiliária em Santos 13 3321-9000

Notícias do mercado imobiliário

Consumidor deve ficar em alerta para os preços na Black Friday

Procon preparou uma lista de preços de produtos que provavelmente estarão com descontos em Santos
Procon pesquisou preços de dezenas de produtos

O Procon Santos divulgou a lista de preços de produtos que provavelmente estarão com descontos em lojas físicas de rede, na Cidade, durante a Black Friday – dia de descontos que ocorre nesta sexta-feira. O objetivo é dar mais uma ferramenta para o consumidor comparar preços.

São dezenas de eletrodomésticos e eletrônicos cujos valores foram pesquisados entre a segunda quinzena de outubro e o último dia 12. A lista servirá para que clientes saibam quanto o item desejado custava anteriormente, a fim de calcular se o desconto oferecido é real.

O órgão alerta que é contra a lei a loja anunciar um desconto inexistente ou aumentar o preço dos produtos dias antes para chamar a atenção com uma promoção maior, enganando o comprador com a baixa repentina de preços. Tal iniciativa é passível de sanção administrativa e multa de até R$ 7,5 milhões – dependendo do porte econômico da empresa, da gravidade da infração e da quantidade de consumidores lesados.

Além disso, caso o produto apresente desconto real menor que o anunciado, basta registrar uma reclamação no Procon, e o estabelecimento terá que devolver a parte paga a mais.

No entanto, é preciso que o comprador fique alerta, pois, caso o produto desejado não esteja na lista de Santos, é preciso comprovação para reclamar e mostrar que tem razão.

Portanto, quem deseja adquirir um produto durante a Black Friday já deve fotografar preços com a descrição do objeto. Nos sites, é bom captar a imagem da tela com a data atual e, em lojas físicas, a dica é fotografar o produto com preço em um jornal do dia, explica o coordenador do Procon de Santos, Rafael Quaresma.

“O trabalho do Procon não substitui a pesquisa do consumidor. Às vezes, o consumidor tem o preço prévio, e esse produto não está na lista do Procon. Se tem foto, material promocional, caderno de ofertas da loja com período antecedente, serve para mostrar preço praticado antes e no Black Friday, para ver se (a loja) induz (o cliente) ao erro”, afirma.
25/11/2015

Últimas notícias